Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um dia com Plutão

♥ um sentimento secreto ... ♥

Um dia com Plutão

♥ um sentimento secreto ... ♥

31
Mar16

Um coração com outro batimento

Plutão

O seu coração batia forte, mas desta vez não era por o quer ver, mas antes por não o quer ver. Por muito que quisesse evita-lo, desta vez não tinha hipótese. Que angústia sentia. Há menos de um mês pulava, tanto ela como o seu coração pulavam, mas desta vez não.

 

O seu coração bate forte com o desejo de não o encontrar.

 

mood-girl-hand-heart-sun.jpg

 

21
Mar16

Como esquece-lo

Plutão

Ela só queria esquecer, esquecer todas as lembranças que guardava dele, cada momento que partilharam juntos. O seu coração teimava em relembrar, como era difícil esquece-lo. Por mais belas que fossem as suas memórias, elas consumia-na de saudades. 

O seu coração foi arrebatado, estava rendido a alguém que passou na sua vida mas não ficou. 

 

Todos os dias ela pensa nele,

todos os dias o deseja,

todos os dias anseia por o chamar seu,

todos os dias o quer esquecer.

 

tumblr_lfrc6gOArI1qfpdvlo1_500.png

 

 

20
Mar16

Coleção de memórias

Plutão

Todas as noites ela adormece revendo na sua mente memórias de outrora. Memórias de dias cada vez mais longínquos. Ela coleciona memórias. Memórias de sorrisos, conversas, abraços dados, carinhos trocados, noites longas e oportunidades perdidas. São horas constantes perdidas em memórias, são muitas vezes noites em claro. Por muito consciente que ela seja, ele não sai do seu inconsciente. 

 

Cada vez que os dois se encontram, o seu coração grava cada novo momento que ocorre, coleciona mais um abraço apertado que aperta ainda mais o seu coração. Ela coleciona memórias, memórias de uma paixão.

 

tumblr_lpgc3ogD2E1qbeof9o1_500.jpg

 

 

18
Mar16

A culpa foi daquele abraço

Plutão

A culpa foi daquele abraço.

Coincidências ou destino?

 

Parecia um daqueles momentos, como quando era pequena e via desenhos animados, em que ouvia que quanto mais  pensasse e desejasse algo com muita força, o que queria se concretizava. Naquele momento ela pensava nele e desejou muito vê-lo, e ele apareceu, mesmo ali à sua frente. Coincidência ou destino? 

 

Fosse como fosse, ela agarrou aquela oportunidade, e ali nasceu entre eles o primeiro abraço.

 

Hoje ela ainda pensa muito e deseja com muita força, com a esperança que volte a acontecer uma coincidência ou que o destino os una mais uma e outra vez.

 

A culpa foi daquele abraço.

Coincidências ou destino?

 

6f53fbbea950bd6c88d0b2b3779648da.jpg

 

15
Mar16

Consciência conformada

Plutão

A espera já ia longa, ela deu a dica mas ele não pegou. Ela tinha a certeza que ele compreendeu a mensagem. Ele estava distante, diria antes ausente. Esta foi a vez, a última vez.

 

Ela podia sentir-se um pouco arrependida por ter exposto o seu interesse. Mas ainda assim, sentia que se arrependeria muito mais se tivesse ficado parada. Tentou, arriscou, e obteve uma ausência. O seu coração está agora claro e consciente do que espera, ou do que não espera.

 

Um dia podia ser tarde de mais. 

 

sentimentos.jpg

 

 

14
Mar16

Uma ténue exposição

Plutão

Tendo em conta o momento recente que tinham passados juntos, não havia razão para continuar a ter dúvidas. Mas a verdade é que haviam. Ela continuava a não perceber o que ia no coração dele, continuava a não sentir correspondência entre o que ele dizia o que ele fazia. 

 

Ela queria perceber se era correspondida, de alguma forma tinha de dar a entender verdadeiramente o seu interesse nele. Mas isso seria um grande risco, talvez apenas expor uma vontade de o ver. E de forma subtil ela o fez, como dizem, para bom entendedor meia palavra basta, e neste caso ele só não percebe se não quiser.

 

O recado restava dado, agora restava esperar...

 

tumblr_lxhi6u9h0c1qezfsro1_500.jpg

 

 

14
Mar16

Correspondência

Plutão

Se meia palavra basta para bom entendedor, então e um abraço inteiro?

 

Naquela noite ela sentira cada abraço como único, intencionado, prolongado e com direito a repetição. Tudo aquilo e um pouco mais, pareciam quer dizer algo mais, mas existiam ainda dúvidas. Seria ela correspondida? 

 

IMG_20160314_191624.JPG

 

 

 

11
Mar16

Um segredo ao ouvido

Plutão

Um dia ela sonhara em reencontra-lo. Um dia esse dia chegaria finalmente, e chegou.

O encontro não fora elaborado nem tão pouco propositado, era um encontro de vários amigos, talvez gente a mais. No meio da multidão um abraço mereceu o seu destaque, talvez por ser prolongado, ou talvez por ser acompanhado com as seguintes palavras ao ouvido: tive saudades tuas. Ela sentiu as pernas a tremer, só queria que aquele abraço durasse o encontro todo, mas isso estava fora de questão, havia mais amigos a cumprimentar. A noite proporcionou vários abraços intensos, quase sempre com a mesma pessoa. Por sua pena nunca chegaram a estar um momento sozinhos. Aquele encontro ficara por ali.

 

Na manhã seguinte, ela ainda sentia o seu cheiro no seu casaco.

 

tumblr_njgzplGrB51s2d2xco1_500.jpg

 

 

Pág. 1/2